Campos de Golfe
Apaixone-se pelos 30 campos de golfe mais bonitos do mundo
1 de novembro de 2018
História do Golfe
Você conhece a História do Golfe?
13 de novembro de 2018
Show all

Tiger Woods, uma história de superação

Tiger Woods

No dia 23 de setembro de 2018, o lendário golfista americano Tiger Woods consegue novamente se superar e provar pro mundo que ainda é um dos melhores golfistas que conhecemos.

Após um hiato de cinco anos sem vitórias, o golfista Tiger Woods, que enfrentou cirurgias e problemas na justiça nos últimos anos, deu a volta por cima ao vencer neste domingo a Tour Championship.

2013. Essa foi a última vez que Woods tinha levantado um troféu no WGC-Bridgestone Invitational. Mal sabia ele (que já tinha sido número um do ranking mundial e ganhador de 14 Grand Slams) dos problemas que enfrentaria nos seguintes anos de sua vida.

A ruína

Tiger Woods

Desde 2009 o golfista vem enfrentando sérios problemas pessoais. Primeiro seu casamento, que acabou assim que sua infidelidade foi exposta ao mundo, deixando Woods mais vulnerável tanto quanto homem, quanto atleta.

Na noite do Dia de Ação de Graças daquele ano, Tiger Woods acordou aos berros. Teve que fugir das agressões físicas de sua ex-mulher Elin Nordegren em seu carro Escalade 2009. Sua esposa tinha acabado de descobrir sobre sua amante Rachel Uchitel.

A fuga não deu certo, e o golfista bateu seu carro em uma árvore e em um hidrante. Acabou na rua sangrando e inconsciente enquanto Nordegren o perseguia num carro de golfe com um taco na mão. Por fim, seu casamento foi por água abaixo.

Depois disso, perdeu apoio e patrocínio de grande marcas como Nike, Gatorade e Gilette, visto que outras (em torno de 15) mulheres além de Uchitel contaram que também tinham feito sexo com Woods durante seu casamento com Elin. Era o início de sua queda como atleta. Se afastou do golfe e entrou numa clínica de reabilitação para viciados em sexo.

Tiger Woods perdeu no mesmo ano o PGA de 2009 para o sul-coreano YE Yang. O veterano disse em uma entrevista: “Eu, entre muitos outros jogadores, acredito que isso tem a ver com seus problemas pessoais e que isso não é da nossa conta. Tiger não é uma máquina, mas uma pessoa como todos nós. Eu acho que quando ele conseguir seu foco de volta, ele ficará bem.”

O retorno e problemas físicos

Tiger Woods

(Foto de: https://edition.cnn.com/2013/03/10/sport/golf/woods-doral-win/index.html)

Seu retorno aos esportes em 2013 não foi intimidador como antes. O jogador não conseguiu reconquistar sua moral como o grande golfista que era em campo mesmo ganhando mais oito vezes o circuito das temporadas 2012 e 2013. E com isso surgiram mais problemas, e o maior deles era seu corpo.

Woods passou por diversas cirurgias devido a lesões nas costas mas não conseguia melhorar definitivamente.

Assim, se sentiu estagnado, como ele mesmo disse: “Nunca imaginei que voltaria a jogar golfe, só pensava como me livraria das dores. Como poderia viver minha vida novamente. Aquilo estava tomando conta da minha vida. Sentia que não podia fazer parte da minha própria vida”.

E em 2017, a insônia que já tinha aumentava e as dores nas costas também. Como resultado, o golfista se automedicou além do necessário, causando sua prisão quando foi encontrado dormindo no volante do seu carro com o motor ligado.

E o pior, o vídeo da abordagem dos policiais foi toda filmada e divulgada. No vídeo, vimos um Tiger Woods derrotado, sobre o efeitos de remédios como Vicodin e Xanax, longe de ser o campeão que conhecíamos, perdido.

Mas não pra sempre.

A volta por cima

Tiger Woods

(Foto de: https://www.golfdigest.com/story/tour-championship-2018-sunday-live-blog-can-tiger-woods-notch-career-win-no-80-at-east-lake)

Enfim, após sair da prisão, Woods decidiu tentar mais uma vez. Se internou numa clínica para fazer um tratamento para administrar seus medicamentos e sua dor nas costas. Sua última cirurgia também aconteceu nesse ano, na desesperada tentativa de melhorar suas costas. Tiger Woods fez uma cirurgia de fusão de coluna.

E conseguiu.

Prometeu para seus filhos Sam e Charlie que ganharia mais torneios. Nenhum deles tinha visto seu pai ganhar quando mais velhos. Então, 1876 dias depois de sua última vitória, Woods enfrentou seus demônios e finalmente acabou com sua maldição. No domingo, dia 23 de setembro de 2018, conquistou sua vitória número 80, vencendo mais uma vez a Tour Championship.

A cena do último buraco foi realmente impressionante. O golfista que passou por 4 cirurgias e diversos escândalos e que já não sabia se iria retornar ao esporte levantou os braços num sinal de superação e alívio. Então subiu o caminho do East Lake enquanto era acompanhado por uma multidão de fãs que o seguia gritando “USA… USA”.

Fonte: http://www.espn.com/golf/story/_/id/24357675/how-tiger-woods-overcame-pain-scandal-triumph-again-win-tour-championship-first-victory-five-years

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *